Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Formulários > Editais em Andamento > Uncategorised > Laboratório de Geologia Isotópica (LGI)
Início do conteúdo da página

Laboratório de Geologia Isotópica (LGI)

Publicado: Sábado, 07 de Julho de 2018, 22h58 | Última atualização em Terça, 24 de Agosto de 2021, 17h08 | Acessos: 2523

O Laboratório de Geologia Isotópica (LGI) está vinculado ao Centro de Petrologia e Geoquímica (CPGq) do Instituto de Geociências (IG) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e conta com facilidades analíticas que permitem a obtenção de dados isotópicos e geocronológicos.

O principal objetivo do LGI é promover o avanço científico a partir de pesquisas inovadoras nas áreas relacionadas a evolução do manto e crosta terrestre; metalogenia de depósitos de metais e não-metais; estratigrafia e tectônica de bacias sedimentares com ênfase nos depósitos de óleo e gás; geologia ambiental.

O LGI conta com 2 espectrômetros de massa multicoletores de ionização térmica (TIMS; um VG Sector 54 e um Triton da Thermo-Finnigan), que possibilitam o desenvolvimento das sistemáticas isotópicas de Rb-Sr, Sm-Nd, Pb-Pb e Re-Os em rocha total e em minerais separados. O espectrômetro de massa com fonte de plasma acoplado (LA ICP-MS; Neptune) permite a realização de análises pontuais de U-Th-Pb em zircão (Lu-Hf), monazita, badeleita e titanita, assim como análises isotópicas em solução nos sistemas Rb-Sr, Sm-Nd e Pb-Pb. O espectrômetro de massa com fonte de plasma acoplado (ICP-MS; Element 2) é utilizado na determinação de elementos traço e terras raras em solução de rocha total.

Os estudos envolvendo termocronologia no LGI contam com um completo conjunto de equipamentos para estudos de traços de fissão em apatita e zircão, incluindo microscópios óticos e um sistema AutoScan para contagem automática de traços de fissão. Os dados de AFTA (Apatite Fission Track Analysis) são usados em combinação com a geocronologia ((U/Th)-He; Alphachron)) em apatitas para estudos de processos geológicos de baixa temperatura (< 120 °C). A metodologia (U/Th)-He é empregada através de um espectrômetro de massa Quadrupolo com sonda a laser para análise de isótopos de He em minerais (Alphachron) e ICP-MS monocoletor Thermo-Finnigan, de geometria reversa, modelo Element 2.

O LGI tem um espectrômetro de isótopos estáveis (C, O e H), Delta V, com capacidade de análises de rochas carbonáticas e águas.

O Microscópio Eletrônico de Varredura (JEOL-6610LV) do LGI conta, além do imageamento, com análises de EDS e de catodoluminescência.

Solicitações de Serviços

O LGI fornece serviços de precisão acompanhados de alta qualidade analítica a comunidade acadêmica da UFRGS (iniciação científica, dissertações e teses), aos pesquisadores das principais universidades brasileiras, agências do governo, na prestação de serviços e a comunidade científica internacional.

Para a solicitação/entrada de amostras no Laboratório de Geologia Isotópica, favor enviar as seguintes informações para o email: geo_isotopica@ufrgs.br

     Titulo do projeto:

     Resumo do projeto (máximo 1 página):

     Número de amostras:

     Análises requeridas:

     Tipo de amostra:

     Responsável(is) pelo projeto:

A entrada das amostras na fila de atendimento será considerada somente após o recebimento do respectivo e-mail.

A confirmação de recebimento e as demais informações sobre andamento de procedimentos analíticos será feita sempre através do e-mail institucional do laboratório.

Análises de MEV deverão ser solicitadas via o e-mail (geo_isotopica@ufrgs.br), informando a preferência de data para a realização das análises, a quantidade e o tipo de material a ser analisado e a análise requerida (imageamento de elétrons secundários, elétrons retroespalhados, catodoluminsecência ou análises EDS).

Valores

Fim do conteúdo da página